Consumismo irresponsável e consciência cristã

Todos necessitam dos benefícios da modernidade. No entanto, o uso irresponsável dos mesmos contribui para a degradação do meio ambiente. Em diferentes situações causamos impactos ambientais de grande amplitude, degradando a qualidade de vida e saúde humana, resultado da agressão à atmosfera, da deterioração de zonas verdes, etc. Uma destas formas é o uso inadequado do óleo.

O que é óleo? Lipídios ou lípidos são biomoléculas compostas por Carbono, Hidrogênio e Oxigênio e que englobam todas as substâncias gordurosas existentes no reino animal vegetal. Exemplos comuns são os óleos e as gorduras vegetais e animais, que tem grande importância na alimentação e na constituição das células vivas. São insolúveis em água e solúveis em solventes orgânicos (éter, clorofórmio, etc).

E onde nós, cristãos, entramos nisso? Através do consumismo pecado, através da conformação a hábitos, atitudes e costumes da sociedade que contrariam a vontade de Deus para a sua criatura, como está escrito em Romanos 12.2: “Não se amoldem ao padrão deste mundo, mas transformem-se pela renovação da sua mente, para que sejam capazes de experimentar e comprovar a boa, agradável e perfeita vontade de Deus”.

Para reverter esta situação devemos gerenciar melhor nossos recursos.
Reciclar óleo de cozinha pode contribuir para diminuir aquecimento global. A simples atitude de não jogar o óleo de cozinha usado direto no lixo ou no ralo da pia pode contribuir para diminuir o aquecimento global. O professor do Centro de Estudos Integrados sobre Meio Ambiente e Mudanças Climáticas da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) Alexandre D’Avignon explica que a decomposição do óleo de cozinha emite metano na atmosfera. O metano é um dos principais gases que causam o efeito estufa, que contribui para o aquecimento da terra. Segundo ele, o óleo de cozinha que muitas vezes vai para o ralo da pia acaba chegando ao oceano pelas redes de esgoto. Em contato com a água do mar, esse resíduo líquido passa por reações químicas que resultam em emissão de metano. “Você acaba tendo a decomposição e a geração de metano, através de uma ação anaeróbica (sem ar) de bactérias”, declara o professor.

Mas o que fazer com o óleo vegetal que não será mais usado? A maioria dos ambientalistas concorda que não existe um modelo de descarte ideal do produto. Uma das alternativas é reaproveitar o óleo de cozinha para fazer sabão. D’Avignon defende que quanto mais o cidadão evitar o descarte do óleo no lixo comum, mais estará contribuindo para preservar o meio ambiente. Segundo ele, uma das soluções é entregar o óleo usado a um catador de material reciclável ou diretamente a associações que façam a reciclagem do produto. “Se nós conseguirmos dar algum valor de compra desse óleo para o catador, para que ele seja usado na produção de biodiesel, vamos fazer com que haja um ciclo de vida desse produto, para que ele volte para o sistema produtivo e produza biodiesel e isso substitua o consumo de óleo diesel”, sugere o professor.

Que possamos refletir sobre nosso comprometimento em relação à defesa do meio ambiente. Que, tendo como partida os conceitos de Cristo, possamos ter uma atitude responsável no consumo e uso dos produtos. Que possamos, enfim, assumir novas atitudes, caso assim seja necessário.

“Que diremos então? Continuaremos pecando para que a graça aumente?” – Romanos 6.1.

JULIA BAPTISTA DE OLIVEIRA
Bacharel em Ciências Biológicas

O texto que você acabou de ler é uma colaboração de uma leitora do blog. Quer participar? Envie um email para editor@batistas.com

Anúncios
Esse post foi publicado em Artigo, Colaboração. Bookmark o link permanente.

2 respostas para Consumismo irresponsável e consciência cristã

  1. maria eduarda disse:

    eu so quero saber o que é consumismo irresponsavél

    • Olá Maria Eduarda.

      Legal a sua pergunta. A respondo fazendo outra pergunta: Você sabe de que forma os produtos que você compra impactam o meio-ambiente (seja na sua produção, comercialização e descarte, entre outros fatores)?
      Consumir de forma irresponsável é justamente adquirir produtos sem se importar com as consequências deste ato para a sua própria vida, para com a vida de outros e para com a criação de Deus.
      Um forte abraço,

      Departamento de comunicação da CBB.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s