Por uma ecologia biblicamente correta

Na manhã do último sábado, 22 de janeiro, os participantes da 91ª Assembleia da Convenção Batista Brasileira (CBB) tiveram a oportunidade de refletir sobre o tema ‘‘Ecologia biblicamente correta’’.

A mensageira nesta oportunidade foi a educadora Márcia Villar Antunes, que convidou os presentes a lembrarem do plano original de Deus em relação à ecologia, e a avaliarem a conduta dos cristãos como mordomos fiéis.

Márcia iniciou a mensagem registrando a sua alegria pela visão da Convenção em abordar um tema atual e importante. Ainda declarou que “é impossível deixar de reconhecer que a Bíblia oferece perspectivas ecológicas’’, e disse que a majestade de Deus pode ser vista em toda a abrangência da criação.

No entanto, a pregadora declarou que a ambição do homem tem sido devastadora e destruidora, causando a poluição industrial da terra, da atmosfera e das águas, o crescimento demográfico explosivo, a desertificação e a perda de solo, florestas e minerais.

Essa ambição tem gerado reações contra o próprio homem, como o aumento de catástrofes climáticas como tsunamis, furacões, tufões e ciclones.

“Parece que nós nos esquecemos que dependemos do melhor que Deus nos deu. Dependemos do ar para respirar, do alimento para nos fortificar, da água para saciar a nossa sede, do sol para nos aquecer e do equilíbrio da natureza para sobreviver’’, afirmou a preletora.

No projeto original de Deus, foi dada ao homem a incumbência de cuidar da natureza e de preservar o ecossistema, de ser um embaixador em nome de Cristo e de exercer influência para que de fato seja a imagem e semelhança do Pai na criação.

Ela ressaltou que “a criação não deve ser divinizada, pois somos contra o panteísmo. Nós afirmamos que a criação não é Deus, mas Deus a criou!’’.

Contudo, o homem tem falhado na tarefa de honrar e cuidar da criação de Deus. Percebe-se isso nas atitudes diárias, como no tratamento do lixo não reciclado, no banho demorado ou no descarte incorreto do óleo de cozinha, falha essa que é cometida por causa da ganância da ignorância e por causa do afastamento de Deus por parte do homem.

Márcia encerrou a mensagem destacando a pergunta do hino 552 HCC: “O que estou fazendo, se sou cristão?’’.

Anúncios
Esse post foi publicado em 91ª Assembleia, Notícia. Bookmark o link permanente.

4 respostas para Por uma ecologia biblicamente correta

  1. PASTOR GILVALDO disse:

    sugiro um vídeo muito interessante e didático nessa temática de ecologia: A história das coisas. Está no youtube: http://www.youtube.com/watch?v=3c88_Z0FF4k
    o grande problema ecológico do mundo é porque vivemos – a maioria vive pras coisas

  2. PASTOR GILVALDO disse:

    legal num sei se esse outro já foi postado também acho ele bacana: http://www.youtube.com/watch?v=pYgfD8t9Y4I&feature=related

  3. Francisco Rege disse:

    Muito bem! Deus entregou ao homem a administração da natureza. O Brasil é um dos países que melhor tem cuidado da natureza. A usa para produzir alimentos, proporcionar ao ser humano um habitat agradável, tem a maior reserva de água potável do mundo, a maior floresta tropical do planeta, leis que regulamentam o uso dos recursos naturais, como código de minas, código florestal que obriga os proprietários de terras registrarem, em Cartório, a reserva legal, sob pena de não obter licenças para abertura de áreas agricultáveis, etc. Temos reservas que poderão ser usadas para esses objetivos e, ainda, guardar extensas áreas como reserva legal e áreas de persevação permanente. Enfim, muita área para usar e deixar grandes reservas para o equilíbrio do planeta. Agora, os países ricos, EUA e Europa ocidental, arrasaram o meio ambiente, destruiram tudo e agora querem tolher a nossa soberania no uso de nossos recursos naturais. E brasileiros inocentes se aliam a essas bandeiras alienígenas. É muita baixa estima. Vamos fazer a vontade de Deus, conservando a natureza, cuidando bem dela. O homem que não anda segundo o Conselhos dos ímpios ” será como a árvore plantada junto às correntes de águas, a qual dá o seu fruto na estação própria e cuja folha não cai” (Salmo 1: 3).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s