A história da família que parou de produzir lixo

Cada brasileiro produz, em média, cerca de 500 gramas de lixo por dia, segundo o IBGE. A quantidade, entretanto, pode chegar a 1 kg, dependendo do poder aquisitivo e da cidade onde a pessoa mora. Uma família britânica provou nos últimos dois anos o tamanho desse exagero: Em 2009 produziu apenas uma cesta de lixo e no ano passado só uma sacola. Conhecidos como a família “Lixo Zero”, o casal Richard e Rachelle Strauss e a filha Verona, de 9 anos, pensam meticulosamente sobre o que cada produto gera de lixo antes de comprá-lo. Em entrevista a O DIA, eles explicaram como funciona a luta para não sujar o mundo.

Na sacola com todo o lixo que fizeram no ano passado, os Strauss tinham apenas alguns brinquedos quebrados, lâminas de barbear, canetas e negativos fotográficos. A ideia de reduzir o lixo a níveis que deixam envergonhados até alguns ambientalistas dedicados surgiu de Rachelle, e foi adotada pelo marido depois que viu um documentário que mostrava como o plástico acabava sendo prejudicial à vida marinha.

Tomando como ponto de partida a redução de plástico, os Strauss, então, começaram a adotar uma série de medidas que cortavam o lixo. “Quem quer começar a reduzir seu lixo deve ter em mente que tudo começa antes que você compre qualquer coisa. Se pergunte como você fará para descartar a embalagem ou o próprio produto quando tiver terminado e procure saber se eles podem ser reutilizados, reciclados ou virar adubo”, ensina Rachelle.

A luta contra as embalagens é uma das mais difíceis. A família decidiu que, sempre que possível, iria comprar comida de produtores locais de sua região, Longhope, no condado de Gloucestershire, no Reino Unido. Ao chegar neles, levam seus próprios recipientes para levar os produtos para casa. Outro trunfo é saber utilizar os restos de comida para fazer adubo e utilizar na própria horta: “Aprendemos a adicionar coisas como papel-cartão picado e papel para fazer adubo de ótima qualidade”, diz a britânica.

Posteriormente, além de substituir todas as baterias por recarregáveis, os Strauss instalaram até painéis solares. Rachelle sabe que a maioria das pessoas não está disposta a fazer mudanças tão radicais, mas deixa uma mensagem: “Se todos fizerem um pouco, a mudança coletiva será grande. Então, é importante começar a fazer algo, e ser otimistas sobre aonde se pode chegar”.

Passo a passo

O INÍCIO – A família ‘Lixo Zero’ começou sua saga em 2008, quando estipulou a meta de descartar 100 gramas ou menos de lixo por semana. Foi quando a imprensa internacional começou a fazer reportagens sobre eles.

DIFUNDINDO A IDEIA – Os Strauss criaram um site para ensinar como reciclar e descartar menos lixo.

DICA INICIAL – Uma das primeiras dicas da família para quem vai começar a diminuir o lixo é observar quais materiais recicláveis já estão no lixo atual.

Matéria de João Ricardo Gonçalves – Publicada em O DIA ON LINE

Anúncios
Esse post foi publicado em Notícia, Sustentabilidade. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s